Líder cristão afirma que governo de Barack Obama está “fazendo o trabalho de satanás” na questão do aborto

O presidente norte-americano Barack Obama voltou a ser acusado de “fazer o trabalho de satanás” por causa das políticas públicas voltadas à flexibilização da lei do aborto.
Jim Sedlak, vice-presidente de um grupo pró-vida que segue fielmente a doutrina católica e se opõe não só ao aborto, mas a outras propostas relacionadas com a morte, como a eutanásia, afirmou que Obama e seu governo estariam seguindo um caminho anticristão.
Para Sedlak, a opção de que mães abortem bebês por questões meramente pessoais é errado: “Nós sempre descrevemos o trabalho do planejamento familiar como satânico”, criticou.
De acordo com o site WND, o projeto de saúde pública universal do governo Obama prevê que famílias de baixa renda que não desejem ter mais filhos possam ter o aborto legalizado financiado pelo poder público.
“Se você olhar todo o país, se Satanás fosse estabelecer uma organização hoje, tenho certeza que ele optaria por atuar com planejamento familiar, pois isso facilitaria seu trabalho, incentivando o pecado sexual e promovendo a desvalorização total da vida humana”, disse Sedlak.
Obama ateu?
No meio das críticas e reiteradas acusações de ser muçulmano ou anticristão, o presidente Barack Obama, que se declara cristão, agora é taxado de ateu, segundo informações do Huffington Post.
O inglês Richard Dawkins, ativista ateu conhecido em todo o mundo, afirmou num programa de TV que acredita que o presidente norte-americano compartilha de sua perspectiva sobre a religião: “Como muitas pessoas, eu tenho certeza de que [o presidente Barack] Obama é ateu, assim como tenho certeza de que Kennedy era um ateu”, afirmou.
Questionado se o papa Francisco seria um ateu, pela postura diferenciada de seus antecessores, Dawkins respondeu: Duvido que o papa seja. Não. Ele é, obviamente, um bom homem, mas um homem perigoso. Nós não estamos acostumados com homens agradáveis ​​no Vaticano”.
As declarações de Dawkins a respeito da hipótese de Obama ser um ateu vão no sentido oposto das revelações feitas por um dos conselheiros do presidente, Josh DuBois, sobre detalhes da rotina espiritual que o chefe da Casa Branca adota.
DuBois afirmou que por diversas vezes Barack Obama consultou a Bíblia antes de tomar decisões importantes em seu governo.
Por Tiago Chagas

Levy Barros Videomaking

Autor & Editor

Levy Barros é Youtuber Cristão, Cantor, Compositor e Pregador da Palavra de Deus.

0 Comments:

Postar um comentário