Justiça aceita denúncia de superfaturamento em show da cantora Fernanda Brum

A Justiça acatou a denúncia do Ministério Público de improbidade administrativa contra a secretária municipal de Cachoeiro de Itapemirim por ter contratado um show da cantora Fernanda Brum com valores superfaturados.
Foram denunciados a secretária municipal Cristiane Resende Fagundes, a empresa O. ES Consultoria e Assessoria Fonográfica Ltda. e seus sócios Marcelo Leite da Silva e Edson da Silva Cruz, segundo informações da Folha do Espírito Santo.
O Ministério Público afirmou que o show de Fernanda Brum vale quatro vezes menos que o valor pago pela prefeitura de Cachoeiro do Itapemirim, mas não incluiu Fernanda Brum no processo, por enxergar que o superfaturamento ocorreu através da empresa intermediadora da contratação.
O show em questão foi realizado em março de 2012 e a assessoria de imprensa da cantora preferiu não se manifestar sobre o assunto.
es já seria ré em quase uma dezena de processos por irregularidades semelhantes, segundo a Folha do ES.
Por Tiago Chagas

Levy Barros Videomaking

Autor & Editor

Levy Barros é Youtuber Cristão, Cantor, Compositor e Pregador da Palavra de Deus.

0 Comments:

Postar um comentário