Estátua da virgem Maria que sangra choca fiéis e alerta sobre violência contra a mulher; Assista

Num país de maioria católica, qual a forma mais eficaz de conscientizar a população a respeito da violência doméstica contra a mulher? Uma campanha que usa a imagem da virgem Maria sangrando deixou muitas pessoas chocadas.
A campanha “Mulher é Sagrada” usou uma estátua representativa da virgem com um dispositivo que a faz sangrar, e colocou sobre uma mesa em diversas ruas de cidades brasileiras.
A cena da estátua sangrando atraía curiosos, que eram impactados com uma mensagem que surgia na parte inferior da mesa, dizendo que o sangramento não era “falso, muito menos milagre”, pois aquela era “a realidade de muitas marias brasileiras”.
“Violência contra a mulher. Denuncie”, incentivava o cartaz. A campanha foi destaque na versão norte-americana do Huffington Post, que noticiou o impacto da campanha em quem teve acesso, dizendo que perante “a estátua da Virgem Maria que sangra, alguns ficam embasbacados, outros tiram fotos, e outros fazem o sinal da cruz”.
No canal da campanha no YouTube, há uma informação impressionante: “Seis em cada 10 brasileiros conhecem alguma mulher que foi vítima de violência doméstica”. Num país de maioria cristã, é inadmissível que maridos ainda se valham de violência contra suas companheiras. “Denuncie: Ligue 180”, pede a campanha.
Veja o vídeo da campanha:

Levy Barros Videomaking

Autor & Editor

Levy Barros é Youtuber Cristão, Cantor, Compositor e Pregador da Palavra de Deus.

0 Comments:

Postar um comentário